Comitê de Enfrentamento à Covid-19 volta a proibir celebrações religiosas com a presença de fiéis em Juiz de Fora

Decisão foi tomada durante reunião realizada nesta terça-feira (30).

Na ocasião, o grupo também ampliou o período de abertura dos restaurantes.

Saiba mais.

Reunião foi realizada nesta terça-feira em Juiz de Fora Prefeitura de Juiz de Fora/Divulgação O Comitê Municipal de Enfrentamento e Prevenção à Covid-19 voltou a proibir a realização de celebrações religiosas com a presença de fiéis em Juiz de Fora.

A decisão foi tomada durante reunião nesta terça-feira (30).

O grupo também decidiu ampliar o período de abertura dos restaurantes no município.

Veja abaixo as novas medidas.

Celebrações Religiosas Na reunião, o Comitê decidiu que as cerimônias estão novamente proibidas durante os próximos 15 dias em Juiz de Fora.

De acordo com a gerência de imprensa do Executivo, após o período, haverá uma nova avaliação da situação na cidade.

O G1 tentou contato telefônico com a Arquidiocese de Juiz de Fora para saber se a instituição gostaria de se pronunciar sobre o assunto, mas as ligações não foram atendidas.

A reportagem enviou e-mail e aguarda retorno. Já o presidente do Conselho de Pastores de Juiz de Fora (Conpas), pastor Charles Marçal, informou que participou da reunião nesta terça-feira.

Segundo ele, o Comitê manteve a posição mesmo com todos argumentos que foram apresentados com base em dados científicos. "Fomos penalizados como se fôssemos responsáveis pela curva de casos em Juiz de Fora.

Isso é inaceitável.

Eu não concordo com a decisão mas temos que obedecer", afirmou o pastor ao G1. No dia 13 de junho, a Prefeitura publicou um decreto permitindo a realização de cultos e missas com até 30 pessoas na cidade.

Entretanto, na última quinta-feira (25), o Comitê proibiu a realização de celebrações religiosas.

Já na sexta-feira (26), a situação foi revertida e o grupo informou que o assunto seria reavaliado nesta terça-feira.

Restaurantes Segundo o Executivo, o Comitê decidiu que os restaurantes poderão funcionar aos sábados, de 11h às 15h.

No último sábado (27), o Executivo publicou um decreto com novas restrições para os locais.

Conforme o documento, os estabelecimentos deveriam funcionar de segunda a sexta-feira, das 11h às 15h, e não poderiam abrir durante o fim de semana.

Agora, os locais estão autorizados a operar de segunda a sábado, desde que não ofereçam o serviço de self-service, bebidas alcoólicas e entretenimento.

A Prefeitura não esclareceu se um novo decreto será publicado para oficializar a nova decisão.

Initial plugin text
Categoria:MG - Zona da Mata